RESPUBLICA EUROPEIA

Direito Comunitário e Assuntos Europeus. Por João Pedro Dias

UE: População europeia quase só cresce à custa da imigração

leave a comment »

A taxa de fecundidade em Portugal continua a baixar. Em 2004, foi de 1,42 crianças por mulher, uma percentagem que fica muito abaixo da que garante a chamada renovação de gerações. No entanto, segundo os dados hoje divulgados pelo Eurostat – o organismo estatístico da União Europeia – o número de habitantes em Portugal aumentou e a explicação está na imigração. Dez milhões 529 mil e 300 foram os habitantes contabilizados em 2004 em Portugal, mais 54 mil e 600 do que no ano anterior. A taxa de fecundidade em Portugal no ano passado foi de apenas 1,42 crianças por mulher, quando há vinte e quatro anos era de 2,18 crianças, e o limite mínimo para atingir a chamada renovação de gerações é de 2,1 crianças por mulher. Estes dados relativos a Portugal coincidem com a tendência geral dos 25 Estados-membros, onde a população aumentou ligeiramente, mas muito devido à imigração. Vivem actualmente na UE quase 460 milhões de pessoas. [Via RR, com a devida vénia]
Advertisements

Written by Joao Pedro Dias

25 Outubro 2005 às 1:51 am

Publicado em Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s