RESPUBLICA EUROPEIA

Direito Comunitário e Assuntos Europeus. Por João Pedro Dias

Ontem os Estados membros da União Europeia (com a …

leave a comment »

Ontem os Estados membros da União Europeia (com a forte pressão exercida pelos EUA através da Senhora Rice) puseram-se de acordo para dar início às negociações de adesão da Turquia à UE. «À boleia» dessa deliberação, iniciaram-se também oficialmente as negociações para adesão da Croácia – que se revelarão muito mais simples e breves; fala-se, já a seguir, nas negociações com a Sérvia-Montenegro, a Macedónia, a Albânia e a Bósnia-Herzegovina (pelo menos). Em marcha estão já os processos negociais com a Roménia e a Bulgária. A Ucrânia, nesse processo, não poderá ficar de fora muito mais tempo. Assim, numa altura em que ainda não está digerido o último mega-alargamento que elevou de 15 para 25 o número de Estados membros da União, esta perspectiva-se para alcançar os 33 (!) Estados. E, assim, transformar-se numa «pequena ONU europeia». Não é preciso grande capacidade de antevisão do futuro para afirmar que essa evolução significará, em absoluto, a morte do ideal europeu, tal qual o concebemos e percebemos. Resulta evidente e óbvio que uma organização a 33 poucas ou nenhumas políticas comuns poderá lançar para além da simples consagração de um espaço de livre circulação de mercadorias. Mesmo no domínio da livre circulação de pessoas as dúvidas em saber se tal objectivo se alcançará serão imensas. Se, mesmo a 25, as dificuldades já são inúmeras – veja-se a impossibilidade de alcançar um acordo sobre as perspectivas financeiras para o próximo quadro financeiro – a 33 as mesmas serão absolutamente insolúveis. Quem ousou sonhar com uma ideia de Europa traduzida em efectivas políticas comuns e no aprofundamento da integração actualmente existente, vê nesta marcha para o alargamento o defraudar absoluto das suas expectativas e dos seus anseios. Estão de parabéns todos quantos, há mais ou há menos tempo, têm sido ferozes adversários da União Europeia e do processo de aprofundamento da integração europeia. «Por dentro» estão quase a atingir os seus objectivos: dar cabo da União Europeia.
Anúncios

Written by Joao Pedro Dias

4 Outubro 2005 às 3:35 pm

Publicado em Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s