RESPUBLICA EUROPEIA

Direito Comunitário e Assuntos Europeus. Por João Pedro Dias

Por altura da adesão de dez novos Estados à União …

leave a comment »

Por altura da adesão de dez novos Estados à União Europeia, Sua Santidade o Papa João Paulo II tornou públicas as palavras que se seguem, que constituem um verdadeiro hino e apelo à reunificação da Europa e à «ideia de Europa».
Divulgam-se infra, na íntegra, as palavras de Sua Santidade, pese embora os euro-radicais do costume ainda as possam vir a considerar como um perigoso contributo para a causa federalista europeia.
«1. Nestes dias, a Europa vive outra importante etapa de sua história: dez novos países ingressam na União Europeia. Dez nações, que já por cultura e tradições eram e se sentiam europeias, passam agora a formar parte desta união de Estados.

A unidade dos povos europeus, se quiser ser duradoura, não pode ser só económica e política. Como recordei em minha peregrinação a Santiago de Compostela, em novembro de 1982, a alma da Europa continua estando hoje unida porque faz referência a valores comuns humanos e cristãos. A história da formação das nações europeias caminha ao ritmo da evangelização. Portanto, apesar das crises que marcaram a vida do continente até nossos dias, sua identidade seria incompreensível sem o cristianismo.

2. Precisamente por este motivo a Igreja quis oferecer nestes anos numerosas contribuições à consolidação da unidade cultural e espiritual, em particular com os Sínodos Especiais para Europa, respectivamente em 1990 e 1999. A seiva vital do Evangelho pode garantir à Europa um desenvolvimento coerente com sua identidade, na liberdade e na solidariedade, na justiça e na paz. Só uma Europa que não elimine, mas que redescubra suas próprias raízes cristãs poderá estar à altura dos grandes desafios do terceiro milénio: a paz, o diálogo entre as culturas e as religiões, a salvaguarda da criação.

Nesta importante tarefa, todos os crentes em Cristo do Ocidente e Oriente da Europa, graças a sua aberta e sincera cooperação ecumênica, estão chamados a oferecer sua própria contribuição.

3. Ao saudar com afeto as nações que nestes dias são acolhidas na União Européia, meu pensamento dirige-se aos numerosos santuários que através dos séculos mantiveram viva em cada uma delas a devoção à Virgem Maria. À virgem, mãe da esperança, e aos santos e santas que veneramos como patronos da Europa, confiamos o presente e o futuro do continente».
Anúncios

Written by Joao Pedro Dias

3 Junho 2004 às 6:46 pm

Publicado em Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s